Não à intimidação: Justiça anula processo da Veja contra Nassif

Fonte: http://www.vermelho.org.br

16 de Setembro de 2010 – 17h17

O juiz Gilberto Ferreira da Cruz, da 1ª Vara Cível de São Paulo, considerou improcedente a ação de indenização por danos morais movida pela Editora Abril contra o jornalista Luis Nassif e o portal iG. A editora questiona a excelente série de artigos e textos intitulada “O Caso de Veja“, veiculada em 2008 no blog mantido pelo jornalista no iG.

A Abril reclamava indenização de R$ 100 mil do portal e do jornalista, sugerindo, ainda, que os dois fossem multados em R$ 10 mil por dia no caso de publicarem a sentença ou a decisão. Nos textos, Nassif classifica a trajetória recente da Veja como “maior fenômeno de anti-jornalismo” dos últimos anos.

“Gradativamente, o maior semanário brasileiro foi se transformando em um pasquim sem compromisso com o jornalismo, recorrendo a ataques desqualificadores contra quem atravessasse seu caminho, envolvendo-se em guerras comerciais e aceitando que suas páginas e sites abrigassem matérias e colunas do mais puro esgoto jornalístico”, escreveu Nassif em um dos textos.

No entendimento dos desembargadores do Tribunal de Justiça, as observações de Nassif, ainda que carregadas de juízos de valor, fazem parte do ofício de articulista. “Opiniões pessoais do articulista atinentes à forma de trabalho do demandante e ao seu juízo de valor em relação a certas circunstâncias profissionais”, observaram.

Da Redação, com informações do Portal Imprensa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: